http://novacortesfm87.com/
Quinta-feira, 17 de Outubro de 2019
Polícia

Assassinato de mulher conhecida como 'Barbie' foi motivado por disputa de comando de tráfico de drogas, diz polícia do AM

Suspeito preso confessou autoria do crime. Polícia Civil investiga participação de outras pessoas no caso.

Publicada em 26/09/19 às 07:36h - 4 visualizações

por Nova Cortês FM 87,9


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: Nova Cortês FM 87,9)

Preso suspeito de participar no homicídio de Fernanda Caroline Chaves Pinho, de 25 anos, conhecida como "Barbie", no Centro de Manaus, Matheus Rogério Machado de Castro, 21, foi apresentado pela Polícia Civil (PC) nesta quarta-feira (25), na sede do 24° Distrito Integrado de Polícia (DIP). De acordo com as informações repassadas pela polícia, o crime teria sido motivado por disputa territorial relacionada ao comando do tráfico de drogas.

A vítima, segundo as investigações, possuía passagem por tráfico e respondia em liberdade provisória. A polícia informou ainda que a morte da jovem contou com a participação de outros envolvidos, que são procurados pelos policiais.

O preso foi autuado em flagrante por homicídio qualificado e irá passar por audiência de custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, na Zona Sul de Manaus. Atualmente, ele responde por um crime de roubo e estava em liberdade provisória, com uma tornozeleira eletrônica, que estava com a bateria descarregada no momento do crime.

De acordo com o titular do 24° DIP, Marcelo Martins, as equipes receberam informações que levaram à prisão do suspeito em uma casa na comunidade Bairro do Céu, na Zona Sul de Manaus. No local, policiais encontraram Matheus Rogério escondido embaixo de uma cama.

O delegado explicou que, no dia do crime, ele foi levado de carro por volta da meia-noite até a casa noturna onde o homicídio ocorreu, no Centro. A vítima, que recebeu uma ligação e foi atraída para fora do estabelecimento, estava na calçada quando foi atingida pelos disparos.

Fernanda Caroline foi alvejada com quatro tiros - a maioria na região da cabeça. O suspeito fugiu em uma motocicleta com um comparsa, que teria ficado com a pistola 380, utilizada no crime. A vítima não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Segundo os autos, Matheus Rogério foi identificado por testemunhas por meio da aparência e das roupas usadas no dia do homicídio. A Polícia Civil acredita que o preso seja o autor dos disparos pois, durante a confissão, ele confirmou os detalhes coletados na cena do crime pelos agentes.

Além de policiais civis do 24° DIP, a ação, que resultou na prisão do infrator, contou com a participação do Departamento de Polícia Metropolitana (DPM) da instituição e Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc).



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (81)9 8406 9614

Visitas: 588267
Usuários Online: 27
Copyright (c) 2019 - Nova Cortês FM 87,9 - Direção