http://www.novacortesfm87.com/noticias/brasil/437150/1
Sábado, 14 de Dezembro de 2019
Celebridade

Menina de 7 anos tem cabelo “impenteável” por causa de condição raríssima

Publicada em 02/04/19 às 06:36h - 136 visualizações

por Veja São Paulo


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: Reprodução/Daily Mirror)
Wynter Seymour tem síndrome do cabelo impenteável — uma condição raríssima que faz com que os fios da menina de apenas 7 anos idade fiquem constantemente em pé. 





Estima-se que apenas 100 sofram com a síndrome curiosa e uma das celebridades que muitos acreditam também conviveu com os sintomas da condição é o físico Albert Einstein.

A criança nasceu com cabelo preto e bastante grosso, mas repentinamente fios loiros começaram a nascer no topo de sua cabeça. A aparência rendeu o apelido de “Chucky” à menina, revela sua mãe, Charlotte Seymour. A mulher espera que o cabelo da filha “acalme” com o tempo, mas revela que a filha já abraçou o look único com confiança e que adora receber atenção por causa das madeixas descontrolada.

“O cabelo dela é maluco. Você realmente não consegue passar um pente pelos fios. Para arrumá-la para a escola, eu apenas prendo tudo em um coque para que ele fique fora do caminho dela. Ela parece um pouco um boneco troll quando está com um rabo de cavalo”, diverte-se a mulher. “Mas fazer qualquer coisa além disso não vale a pena, é muito dolorido para ela”.

“Ela recebe muita atenção por causa do cabelo e pessoas perguntam ‘o que há de errado com o cabelo dela’, mas a Wynter não se incomoda. Ela já aceitou o cabelo e acho que ela gosta da atenção. Ela é muito confiante. Ela é a criança mais engraçada que eu já conheci, uma figurinha. Ela é uma dessas crianças, sabe? Se isso fosse acontecer com alguém, tinha que ser com a Wynter”, contou Charlotte. A mulher, que é mãe de outras duas meninas, revela que as crianças de 10 e 9 anos de idade não enfrentam o problema — a síndrome é causada por uma mutação genética.

A mulher, no entanto, ficou preocupada que outras pessoas achassem que ela não estava cuidando de sua filha direito por causa dos fios rebeldes. Ela, então, apostou em óleo de bebê e outros produtos naturais para tentar acalmar as mechas. Os procedimentos, no entanto, levavam Wynter às lágrimas — foi quando Charlotte escolheu desistir de tentar domá-las. Ao procurar uma solução, a mãezona encontrou o termo “síndrome de cabelo impenteável”, e foi quando descobriu o problema da filha mais nova.

“A Wynter é uma dançarina e as bailarinas precisam usar enfeites nos cabelos, o que é um pesadelo: já é muito difícil colocar um pente no cabelo dela, imagine prender um acessório pesado?”, desabafou Charlote. “Nós tentamos muitos shampoos e condicionadores diferentes, produtos para cabelos frisados e para desembaraçar os fios, até condicionadores profundos. Nós tentamos de tudo, mas nada deu certo — tudo só deixava a Wynter chateada”.

Mãe e filha foram ao médico em fevereiro. O profissional concordou com o diagnóstico, mas não quis fazê-lo de forma oficial. Para tanto, seria necessário que a menina passasse por um exame de sangue, o que não é necessário já que a condição é inofensiva para a saúde da criança. Agora que a mulher sabe que os fios são oficialmente impenteáveis, ela não se dá ao trabalho de tentar domá-los: “Na maioria dos dias, ela apenas pede que eu passe um pouco de óleo para bebê em seus cabelos. Ela sabe sobre a condição, e é algo que provoca grandes risadas em casa”.


Curta nossa página no Facebook: Portal Nova Noticias. Baixe também o aplicativo RádiosNet e escute á Rádio Nova Cortês FM 87,9 !




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (81)9 8406 9614

Visitas: 632508
Usuários Online: 26
Copyright (c) 2019 - Nova Cortês FM 87,9 - Direção